segunda-feira, 25 de Julho de 2011

Orientações do Prof. Heitor Miyazaki


Ao ser perguntado por um consulente a respeito de diversos problemas de saúde, o Prof Heitor Miyazaki fez a seguinte introdução: “Deus não criou vida doente. No Génesis não está escrito que Deus criou a doença e “achou muito bom”. Por isso a Seicho-no-Ie ensina que a doença não existe. A Vida é perfeita. Em termos fenoménicos, para quem está num hospital, a doença está “existindo”, porém, transcendendo isso, elevando-se, aprofundando-se na Verdade e olhando para a Vida, concluímos que não existe Vida doente, não existe Vida que morre. Nós somos Vida imortal.” Transcrevemos, a seguir, resumos de respostas dadas pelo professor a questões formuladas pela Internet:
Doença nos rins: Tudo o que vamos guardando, guardando, uma hora acaba sendo exteriorizado. Problemas no rim podem ser decorrentes de desarmonias com o cônjuge ou decepção amorosa (ainda não perdoou o(a) “ex”). Aplique o método “UM QUILO DE FEIJÃO” (referindo-se ao ensinamento da aula do dia 9/2/2011, em que o professor propõe ao consulente que compre 1 kg de feijão, coloque sobre a mesa e, de grão em grão, vá agradecendo: obrigado, obrigado, obrigado, ..., todos os dias, 1 kg de feijão). Agradecendo todos os dias, vai-se retirando todo o ressentimento e o problema nos rins vai desaparecendo.
Pressão alta: Decorre de a pessoa querer as coisas do seu jeito, querer impor suas opiniões e , quando são contrariadas, a pressão sobe. É preciso “baixar o ego”, julgar menos e criticar menos as demais pessoas. De modo bem tranquilo, faça Meditação Shinsokan, que ajuda a normalizar a pressão, e mude sua postura mental. Se você fizer Meditação, mas continuar guardando mágoa, continuar criticando, a pressão continuará alta e, aí, até o problema dos rins voltará.
Dor no peito: Do ponto de vista psicossomático, você está guardando ressentimentos. E essas dores podem, também, estar relacionadas com algum antepassado que faleceu em consequência de enfarto, ou de acidente que afectou esta parte do corpo. Se você souber quem é, leia a Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade por 49 dias para esse antepassado.
Problemas no Aparelho Respiratório: Quem tem problemas nessa região deve procurar melhorar a sua postura mental em relação a seus superiores e subalternos. Pessoas que nascem com, ou desde criança tem, problemas respiratórios, geralmente têm mágoa e guardam ressentimentos contra os pais. É preciso eliminar isso através do agradecimento, da oração do perdão, de “dois quilos, três quilos de feijão, ou o quanto for preciso”, até eliminar todo o ressentimento (“quando não existir ilusão alguma, mesmo que deseje adoecer, será incapaz de adoecer”). Outro factor que pode causar problemas respiratórios é o sugestionamento provocado pela publicidade de medicamentos veiculados na mídia. Quem tem frequentes problemas relacionados com doença deve ler os livros A Verdade da Vida volumes 2 e 24, nesta ordem; o volume 2 para mergulhar na Verdade e o volume 24 para parar de pensar na doença.
Saúde dos animais domésticos: Tanto a desarmonia entre as pessoas do lar, quanto o sentimento de preocupação dos humanos transmitem vibrações aos animais, que acabam adoecendo. É por esta razão que o Mestre comenta: "os animais que vivem na selva não adoecem porque não vivem sob o domínio mental dos homens."
Dívidas: Muitas vezes, a vida deixa de prosperar porque “acabou o crédito” (lei de causa e efeito). É preciso gerar novos saldos positivos. Comece manifestando amor por seus antepassados. Leia Sutras duas vezes por dia aos seus antepassados, todos os dias, sem falta. Faça mais visitas aos túmulos de seus antepassados; dependendo do nível espiritual em que se encontram, sua visita pode ser muito importante para eles. Esse amor dado aos antepassados é muito importante (Dá e receberás). Leitura recomendada: livros “Melhore o seu Destino Orando pelos Antepassados” e “A Verdade da Vida volume 9”. É importante, também, manter em dia suas contribuições à Missão Sagrada. Através desse expediente é possível salvar muitas pessoas, por isso, a Missão Sagrada é a nossa gratidão a Deus. Outro factor importante: mude a sua postura mental, seja mais optimista. Leitura recomendada: livros “A Chave da Vida Feliz volume 1” ou “Convite à Prosperidade volume 1” e, se quiser aprofundar-se no estudo, leia, raleie e faça cópias manuscritas do livro “A Humanidade é Isenta de Pecado”.
Voz rouca e baixa: Há pessoas que ficam afonicas em razão de terem sido duramente advertidas devido a algo que falaram. A garganta pode ser afectada, também, quando reprimimos algo, “engolimos sapo” e ficamos com aquele sentimento de raiva interiorizado. Esse sentimento que “não se põe para fora” pode motivar problemas na garganta, como faringite, laringite, problema na tiróide. Os problemas somem quando ocorrem o perdão e a harmonia. Também há problemas causados pelo “sentimento de auto-punição”, por algo que se falou e que magoou alguém; a pessoa fica com aquele sentimento de culpa e acaba afectando a garganta. Nós criamos carmas pelo falar, pensar e agir. Procure falar de forma bem suave, abençoar com palavras belas, boas, harmoniosas, use a boca com essa finalidade.
Cisto nos seios: Seios, no idioma japonês, diz-se “tchi tchi”; papai também é “tchi tchi”. Embora sejam escritos com ideogramas diferentes, a semelhança simboliza que, quem tem problemas nos seios, é porque tem ressentimento do papai. Se a pessoa guarda mágoas, raiva, ou outros ressentimentos que mexem com o ego dela em relação ao pai, ou ao marido, ou ao padrasto ou à pessoa a quem ela chama de pai, é natural que se manifestem problemas nos seios. Muitas pessoas guardam problemas que tiveram com o pai desde a infância. Se você ainda tem restrições mentais em relação a seu pai, a recomendação é: leia o livro “Buscando o Amor dos Pais”, pratique a “Oração do Perdão”, e “Um quilo de feijão” (veja texto acima, no segundo parágrafo deste post),
Dores nas articulações: Artrite e artrose são indicativos de rigidez no sentimento. O Mestre ensina: “do cotovelo pra cá, somos nós; do cotovelo pra lá, são os outros”. Se o problema ocorre nas juntas, o quê significa? Resposta: O relacionamento não está harmonioso. É preciso mudar o modo de pensar. “Não julgueis, para que não sejais julgados”. Se tiver tempo para xingar, para reclamar, para criticar, para ver defeitos, aproveite esse tempo para agradecer, agradecer e agradecer, dez mil vezes por dia. Com certeza haverá a cura.
A carne na nossa alimentação: A Seicho-no-Ie não proíbe a ingestão de carne. O Mestre ensina que nossa arcada dentária possui cerca de 20% de dentes preparados para mastigar carnes. Sendo assim, em princípio, essa deveria ser a participação máxima da carne na nossa alimentação. A carne, em excesso, provoca alguns problemas no organismo, tais como irritação, cansaço e outros. Os povos que se alimentam maioritariamente de carne são muito irritados. Entre os esquimós há muitas pessoas que, aos trinta anos de idade, apresentam quadro de arteriosclerose. Nosso organismo não foi feito para comer só carne. Precisamos comer vegetais e frutas, também. Por isso, não há que se proibir a carne, porém, é um alimento inconveniente, tanto para nossa saúde quanto para o meio-ambiente. A devastação de matas para a criação de pastagem resulta em elevação dos níveis de dióxido de carbono no planeta. Na medida em que se evolui espiritualmente, os costumes, a alimentação, tudo se altera na pessoa, até mesmo o olhar, o modo de andar e de falar; por isso é natural que, com essa evolução, a pessoa deixe de ingerir carne sem qualquer esforço adicional.
O feto que não evolui na gravidez: O Prof Heitor Miyazaki lembrou o caso do Prof Kamino Kusumoto, cuja esposa engravidara repetidas vezes, porém, em todas elas, ocorreram abortos espontâneos. O Prof Katsumi Tokuhisa percebeu que havia uma causa cármica que impedia a ocorrência de harmonia naquela família, ou seja, impedia que pais e filhos convivessem naturalmente (ou os pais se separavam, ou os filhos morriam, ou os filhos nem chegavam a nascer). O Prof Tokuhisa pediu, então, que o Prof Kusumoto fizesse uma pesquisa nos quarenta volumes d’A Verdade da Vida e extraísse todas as explicações que o Mestre Masaharu Taniguchi escreveu sobre o pecado. Quando o Prof Kusumoto terminou de fazer a compilação dessas explicações, a esposa deu à luz o filho. Quando existem no inconsciente colectivo da família sentimentos de auto-punição ou ideia de pecado muito arreigada, ocorrem essas infelicidades. Por essa razão é importante o aprofundamento na Verdade. Leitura recomendada: ler e reler inúmeras vezes o livro A Humanidade é Isenta de Pecado. E oferecer amor aos antepassados, através da leitura da Sutra Sagrada, não esquecendo que o filho que vem é mais um descendente desses mesmos antepassados.

www.sni.org.br

Seicho no ie Online Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário